Ago
12

0



Existe a Alphabet, empresa da BMW que presta serviços a empresas com frotas de carros da marca alemã, e desde terça-feira a Alphabet, a nova empresa da dupla Larry Page e Sergey Brin, que passa a ter o Google como subsidiária. O mesmo nome para denominar duas companhias diferente está a causar um diferendo entre a BMW e o motor de busca. A fabricante automóvel está a analisar a possível violação da marca. Do outro lado, espera-se que tenha sido feita uma busca aprofundada antes de decidir o nome da nova holding.


“O site www.alphabet.com é propriedade do Grupo BMW, empresa-mãe da Alphabet. A possibilidade de uma violação de marca está a ser analisada”, escreve a BMW num curto comunicado divulgado no site da sua Alphabet.

Como sublinha o New York Times (NYT), não é apenas a BMW a manifestar preocupação sobre a designação idêntica. Em Wall Street, existe também o Alphabet Funds, sendo que há várias empresas registadas que usam o nome Alphabet, com algumas variações. No caso da Alphabet Funds, o seu fundador e presidente executivo já tentou adquirir o domínio alphabet.com no passado mas não teve sucesso. “Estou a ser bombardeado pelos meus investidores e amigos. Estão a enviar-me emails, todos eles, a dizer o mesmo: ‘O Google ficou como teu nome’”, partilhou Jason Adler ao NYT.

Por exemplo, uma empresa de recrutamento e outsourcing em Londres que se chama Alphabet considerou a semelhança “até lisonjeira”. “Muito provavelmente, não estará na nossa agenda um processo [contra o Google] mas se quiserem fazer-nos uma oferta generosa pelo nosso domínio online, vamos certamente considerá-la”, disse um responsável da pequena empresa londrina.

Por outro lado, há empresas com o mesmo nome que receiam ter um feedback negativo. “Fazemos todo o nosso negócio online e o Google pode realmente afectar-nos”, observou Jennifer Blakeley, que dirige a Alphabet Photography, um site que vende fotografias impressas. Mais uma vez, avançar com um processo judicial é uma possibilidade? “Quem processa o Google?”, responde Blakeley.

A questão comum entre quem tem Alphabet como domínio é saber se durante a busca para encontrar um nome para a holding que vai agrupar várias subsidiárias, o Google reparou que o nome já tinha sido utilizado, sendo que a Alphabet da BMW se destaca de imediato. Até agora, o grupo alemão confirmou ao NYT que não recebeu qualquer contacto do Google sobre a utilização do mesmo nome, nem qualquer oferta de compra do domínio online da marca. Esta última hipótese está fora de questão. “Não estamos a pensar vender o domínio”, confirmou uma porta-voz da BMW a partir de Munique, Alemanha.

Com base no que dita o gabinete de patentes e marcas nos Estados Unidos, nada invalida que duas ou mais empresas tenham o mesmo nome na sua designação. Poderá haver incompatibilidades quando isso cria alguma confusão entre os consumidores.

Logo após ter sido conhecido o endereço da nova holding do Google com o mesmo nome, a página associada ao fabricante automóvel ficou inacessível, mas esta quarta-feira já era possível aceder ao site da Alphabet da BMW.

Para já, o Google não faz qualquer comentário sobre a semelhança entre as designações das várias empresas.



Autor: Publico.pt – Tecnologia

Deixe o seu comentário