Fev
11

0


Assembleia da República 10.02.2012 – 14:24 Por Lusa O Parlamento chumbou hoje com os votos da maioria de direita diplomas do PCP, PS e Bloco de Esquerda que propunham isenções de propinas e revisão dos critérios de atribuição de bolsas no Ensino Superior. Michael Seufert, do CDS-PP, justificou a oposição da maioria aos projectos afirmando que visam “acabar com o sistema de propinas como o conhecemos” e que teriam como consequências “menos financiamento, menos qualidade, fecho
Ler mais...

Fev
11

0


Apesar do total da despesa pública com educação se mater estável entre 2001 e 2008 nos 27 países da UE em percentagem do PIB, o custo por estudante aumentou, segundo o relatório “Eurydice”. A despesa por estudante aumenta também com o nível de educação. Na UE, o custo médio anual por aluno no ensino secundário é mais alto do que na escola básica. A média no ensino superior é quase o dobro do
Ler mais...

Fev
11

0


O mesmo despacho aprova também o calendário das provas de aferição do 1.º Ciclo e das provas finais dos 2.º e 3.º ciclos, que vão realizar-se nos meses de Maio, Junho e Julho A primeira fase dos exames nacionais de 11.º e 12.º anos tem “carácter obrigatório” para todos os alunos internos e autopropostos, ficando a segunda fase reservada aos alunos que na primeira chamada não tenham obtido aprovação e para aqueles que pretendam realizar melhoria da
Ler mais...

Fev
10

0


10.02.2012 – 18:27 Por Lusa As provas de aferição, provas finais e exames nacionais não devem incluir questões demasiado simples para o nível de escolaridade a que se destinam, adverte o Ministério da Educação numa informação publicada on-line. A informação constante no site do Gabinete de Avaliação Educacional (GAVE) diz que questões demasiado simples podem constituir “um indicador desajustado da exigência pretendida”. As provas devem “avaliar de forma clara e precisa os
Ler mais...

Fev
10

0


“O Governo com a acção de entravar os processos, asfixiar os centros, encerrar alguns deles, empobrecer o país na sua capacidade de competir pelas qualificações já fez com que cerca de metade desses centros não tenham condições para funcionar, coloca no desemprego milhares de formadores e sobretudo dá um sinal ao país, que é um sinal trágico, de que o conhecimento não é a chave para a nossa competitividade e para o nosso desenvolvimento”,
Ler mais...

Fev
10

0


Apresentando-se com lista única, Arlindo Oliveira foi hoje eleito, por unanimidade, presidente do Instituto Superior Técnico (IST), sucedendo a António Cruz Serra que, em Dezembro de 2011, deixou a presidência do instituto para assumir o cargo de reitor da Universidade Técnica de Lisboa. Em declarações à Agência Lusa, o novo presidente do IST afirmou que uma das principais preocupações para este mandato, que garante que será de “continuidade”, é “manter a autonomia e a capacidade do
Ler mais...