Set
24

0


É raro que um burocrático processo legislativo na União Europeia cause discussões tão apaixonadas como a que está a acontecer com a directiva para os direitos de autor na Internet.  A proposta quer desenhar novas linhas num terreno marcado há anos por divergências ideológicas e interesses de negócio em conflito. É uma luta que opõe as multinacionais tecnológicas americanas, as indústrias de conteúdos na Europa, e ainda os grupos de utilizadores
Ler mais...

Set
24

0


A Internet e o paradigma do acesso generalizado a toda a espécie de obras, quase sempre sem custos para o utilizador (mas também para o distribuidor), impuseram-se nas últimas décadas como uma realidade inultrapassável. A revolução digital tornou virtualmente possível o acesso imediato e ilimitado a toda a espécie de “conteúdos”, sejam eles textos, música, imagens ou informação; arte ou entretenimento, mas, em qualquer caso, cultura. Essa realidade trouxe també
Ler mais...

Set
23

0


É um autor invulgar para um quadro: uma rede neuronal artificial, o jargão utilizado para designar uma tecnologia de inteligência artificial cujo funcionamento é inspirado no cérebro humano. A “pintura” – que na verdade é uma impressão em tela – faz lembrar os trabalhos de Rembrandt, muito embora não fosse capaz de enganar qualquer pessoa que tenha um vago conhecimento do artista, muito menos um perito. Será leiloada em Outubro, em Nova Iorque. E a leiloeira Christie’s estima que
Ler mais...

Set
22

0


O Google admitiu que continua a permitir a programadores de aplicações analisar e partilhar dados das contas do Gmail dos utilizadores. Basta que estes o autorizem, no momento da instalação. Trata-se de uma prática que a própria empresa fazia antes de Junho de 2017 para fins de publicidade segmentada, mas que deixou de fazer em prol da privacidade. Mensagens pessoais de utilizadores do Gmail podem ser lidas por terceiros Ainda assim, a empresa defende o acesso por
Ler mais...

Set
21

0


Os telemóveis mais modernos são uma parte cada vez maior do dia-a-dia de muitas pessoas. Com câmaras inteligentes, ecrãs cada vez maiores e aplicações potencialmente viciantes, os chamados smartphones servem de despertador, nutricionista, personal trainer, GPS, rádio e televisão, babysiter, entre muitas outras funções. Largá-los torna-se difícil. Um estudo de 2017 da analista Deloitte nota que cerca de 78% dos utilizadores que usam smartphones em países desenvolvidos, olha para o smartphone
Ler mais...

Set
20

0


As grandes tecnológicas estão a apostar cada vez mais em sistemas de filtragem sofisticados para detectar e eliminar comentários de ódio na Internet, mas um estudo recente na Finlândia mostra que ainda são facilmente enganados. O sistema do Google, o Perspective, é particularmente sensível ao “amor”.  Grande parte dos sistemas modernos de processamento de linguagem, usados para ensinar as máquinas a linguagem dos humanos, baseia-se na aprendizagem de extensas bases de dados. São
Ler mais...

Página 1 de 56212345102030...Antigas »