Jun
24

0


O Gmail vai deixar de analisar o conteúdo dos emails dos utilizadores para mostrar publicidade direccionada. Actualmente, o Gmail usa as mensagens trocadas entre utilizadores como um factor para seleccionar os anúncios: por exemplo, mostrando anúncios de aluguer de carros numa determinada cidade quando um email menciona uma viagem para esse destino. É um sistema que tem gerado ocasionais controvérsias e queixas ao longo dos anos. Porém, a empresa decidiu agora que os anúncios passarã
Ler mais...

Jun
23

0


Com tempo e dinheiro para se dedicar a projectos solidários, mas sem ideias suficientes para o fazer, o fundador da empresa de compras online Amazon, Jeff Bezos deixou um pedido no Twitter. Bezos quer projectos de impacte imediato e qualquer pessoa pode deixar uma proposta ou ideia. A mensagem foi publicada na quinta-feira e conta já com mais de 42 mil respostas e mais de dez mil partilhas. Bill Gates, da Microsoft, Mark Zuckerberg, criador do Facebook, e tantas outras
Ler mais...

Jun
23

0


Mark Zuckerberg apresentou a nova missão da rede social: “aproximar o mundo”, ajudando as pessoas a encontrar grupos com os quais se identifiquem – sejam grupos de interesses, religiosos, profissionais, comunidades de vizinhos ou pessoas que tenham um problema em comum. A anterior missão da plataforma era tornar o mundo “mais aberto e conectado”. Nos últimos tempos, e após as queixas pela forma como a plataforma lidou com a desinformação durante a campanha presidencial dos EUA, o
Ler mais...

Jun
22

0


Mais do que eliminar conteúdo extremista, o Google quer chegar a quem acede a esse conteúdo: a empresa vai utilizar tácticas de publicidade online para criar anúncios destinados a potenciais recrutas do Estado Islâmico. Ao clicarem no conteúdo, as pessoas serão redireccionados para páginas e vídeos com mensagens contra o terrorismo e o discurso de ódio.  “Em versões anteriores deste sistema, há uma taxa excepcionalmente alta de potenciais recrutas a
Ler mais...

Jun
22

0


Há muitos bots a falar de política nas redes sociais. Em nove países (com regimes democráticos ou autoritários), estes programas de computador – que simulam comportamentos humanos nas redes sociais – foram utilizados para silenciar a oposição ou difundir ideias convenientes a certos políticos durante os períodos de eleições e de crises políticas dos últimos dois anos. O fenómeno é descrito como “programação patriótica” num estudo publicado esta semana pela equipa
Ler mais...

Jun
21

0


Travis Kalanick demitiu-se do cargo de presidente-executivo (CEO) da Uber avança o New York Times esta quarta-feira, 21 de Junho. A decisão terá sido incentivada pelos accionistas da empresa e foi confirmada por Kalanick, em declarações ao jornal norte-americano. O co-fundador da Uber irá, no entanto, manter-se no conselho de administração. “Amo a Uber mais do que qualquer outra coisa no mundo, e neste momento difícil da minha vida pessoal decidi aceitar o pedido dos investidores
Ler mais...

Página 2 de 53712345102030...Antigas »