Ago
3

0


02.08.2012 – 18:31 Por PÚBLICO

Certca 83 milhões dos 955 milhões de contas de utilizador no Facebook são duplicados, de personagens inventadas, de animais de estimação ou destinam-se a acções não permitidas pelo site.


A informação foi estimada pelo próprio Facebook e faz parte de um documento entregue esta semana pela empresa à SEC, um regulador da bolsa dos EUA. É mais um dado a levantar preocupações sobre a capacidade do Facebook para rentabilizar os seus utilizadores, já que o negócio assente sobretudo em publicidade seleccionada consoante os dados pessoais de quem a vê.

A maior fatia das contas de utilizador que violam os termos de uso do site é composta pelas contas duplicadas, que o Facebook define como os casos em que um utilizador mantém mais contas para além da principal. São 4,8% do total.

Seguem-se os casos em que foram criados perfis pessoais, em vez de páginas, para organizações, empresas ou animais de estimação, por exemplo. O site estima que 2,4% dos utilizadores estejam nesta categoria de “má classificação”.

Por fim, 1,5% das contas são usadas para fins que as regras do Facebook não permitem, como é o caso de algumas acções promocionais.




Deixe o seu comentário