Mai
23

0




E se um botão de punho lhe permitisse atender ou rejeitar chamadas, utilizar mapas ou avançar para a próxima música da playlist? Estas são algumas das funções previstas no novo casaco da Levi’s. A marca aliou-se à Google e as duas empresas estão a trabalhar na criação de um casaco cujo objectivo é facilitar a interacção com os dispositivos tecnológicos, através de sensores integrados na peça de roupa. A ideia foi anunciada durante a conferência I/O, um encontro anual de programadores promovido pela Google. O Projecto Jacquard, o nome dado à parceria, quer pensar no casaco como um produto destinado a todos os utilizadores e está a trabalhar numa produção à escala industrial.

A ideia parece complexa? É bastante simples. Tudo acontece à volta do botão do casaco que reage aos movimentos captados, descreve a Google. Passar a mão em direcção ao braço atende uma chamada. Já o mesmo movimento no sentido inverso irá rejeitá-la, por exemplo. O método repete-se para as outras aplicações disponibilizadas: a cada combinação de gestos, o casaco irá transmitir uma diferente reacção ao dispositivo a que está conectado.

Os gestos registados e os dados a eles associados são transmitidos ao smartphone ou outros diapositivos associados para controlar várias funções diferentes, permitindo ao utilizador controlar aplicações com um simples movimento de mão. Luzes LED e pequenas vibrações irão retribuir uma resposta e registo da acção executada.

O recurso a fios condutores, combinados com fios naturais e sintéticos de algodão, poliéster ou seda tornam possível a sua confecção e o seu aspecto é tão vulgar que é impossível distinguir os fios eléctricos dos fios tradicionais utilizados na confecção de tecidos. Além disso, as marcas garantem que o dispositivo é tão resistente como os casacos tradicionais.

Os componentes tecnológicos introduzidos são pequenos, como o botão, o que torna o modelo do casaco discreto. Além disso, à excepção do componente electrónico – que é removível – todo o casaco pode ser lavado e não necessita de nenhum cuidado especial. Todo o processo de construção é explicado através de um vídeo.

Para a Levi’s, o Projecto Jacquard é “uma tela em branco” para a indústria da moda, uma vez que “os designers podem utilizar esta tecnologia, como usam qualquer tecido, e adicionar novas funcionalidades”. Além disso, os programadores vão poder conectar aplicações e serviços que já existem e criar novas funcionalidades pensadas para a roupa. A marca acrescenta ainda as potencialidades desta tecnologia nos “objectos do dia-a-dia”, que podem incluir, por exemplo, mobília.

A versão beta será apresentada ainda este Outono, mas em exclusivo aos programadores que podem propôr melhorias e aplicações à Google, escreve a MashableA versão final e comercial está prevista para o primeiro semestre do próximo ano, mas o seu preço ainda não é conhecido. 




Autor: Publico.pt – Tecnologia




Deixe o seu comentário