Fev
10

0


O Centro de Segurança Familiar da Google, já existente noutros países, é hoje apresentado em Portugal, no Dia Europeu da Internet Segura.

“A ideia é haver em cada país vozes que, com base no conhecimento do país, apresentem aos pais sugestões sobre como é que podem ajudar os filhos a usar a Internet”, disse à agência Lusa a investigadora Cristina Ponte, coordenadora do projecto EU Kids Online Portugal.

Cristina Ponte sublinhou que neste projecto houve a preocupação de “contactar com quem tem experiência, com quem tem investigação” e está no terreno, para produzir pequenos textos, numa linguagem acessível, para disponibilizar neste espaço.

A Comissão Nacional de Protecção das Crianças e Jovens vai fazer parte do conselho consultivo do Centro de Segurança Familiar da Google. Em declarações à Lusa, o presidente da CNPCJ, Armando Leandro, considerou que o centro vai ser muito importante para a educação e formação de crianças, jovens, professores e pais, para prevenir situações de risco na utilização da Internet. “A Internet é um mundo maravilhoso para crianças e jovens, mas também envolve riscos se não for utilizada em segurança”, alertou. “O Centro pretende também debruçar-se sobre a temática do bulliyng e ciberbulliyng. É preciso saber as suas origens e factores”, acrescentou.

Além da CNPCJ e da Google, estão envolvidos no projecto a UNICEF Portugal, o projecto Kids Online Portugal, Associação Plataforma Internet Segura, Miúdos Seguros, Instituto de Apoio à Criança e a Polícia Judiciária.




Deixe o seu comentário