Mai
16

0



A empresa japonesa Mt.Gox, responsável por cerca de dois terços das compras e vendas de Bitcoins (a divisa digital que ganhou popularidade e atenção mediática neste ano), está a ser investigada pelas autoridades americanas.

O Departamento de Segurança Interna dos EUA apreendeu na quarta-feira os fundos que uma subsidiária americana da empresa nipónica tinha num sistema de pagamentos online chamado Dwolla. O Dwolla (que é uma empresa americana) era usado pelos utilizadores do serviço da Mt.Gox para converter dinheiro em bitcoins e vice-versa.

A investigação deve-se ao facto de a Mt.Gox não estar autorizada nos EUA a oferecer serviços de transferência de dinheiro e compra e venda de divisas. O serviço funciona como uma espécie de bolsa, com os utilizadores a poderem submeter ordens de venda e de compra de bitcoins.

Num comunicado publicado no seu site, a Mt.Gox afirma ter obtido informação sobre o caso na Internet, mas diz não ter conhecimento oficial do mandado que autorizou que os fundos fossem apreendidos.






Deixe o seu comentário